“Come as you are”, a bio do Nirvana chega ao Brasil com 15 anos de atraso

agosto 27, 2008

A biografia intitulada “Come As You Are ” tem como foco a trajetória da banda, a qual cita os primeiros passos do grupo na cena underground de Aberdeen (cidade natal de Kurt) e Seattle (berço do grunge) ao sucesso estrondoso com o álbum Nevermind. Cobain se suicidou no ano seguinte ao lançamento do livro, aos 27 anos de idade.

Leia a íntegra do primeiro capítulo que foi disponibilizado on-line:

Capítulo UM
Aberdeen, Washington (16.660 habitantes), está a 164 longos quilômetros ao sudoeste de Seattle, pela remota região costeira de Washington. Em Seattle chove muito, mas em Aberdeen chove mais — até dois metros por ano — espalhando uma névoa constante e sombria sobre a cidade. Longe da auto-estrada mais próxima, nada entra e raramente alguma coisa sai de lá.
Arte e cultura são de preferência deixadas para os tipos arrogantes, em Seattle — entre as “atividades fascinantes” listadas em uma brochura da Câmara de Comércio do Município de Grays Harbor estão o boliche, as competições de serra elétrica e os jogos de fliperama.

Um Garotinho Rebelde de Cabelo Ensebado
A rota 12 para Aberdeen é rodeada por uma sucessão infinita de estacionamentos para trailers; além deles, uma área de centenas de milhares de acres de floresta madeireira, freqüentemente desfigurada por vastas cicatrizes nos locais onde os madeireiros estiveram cortando. Vindo do leste, a primeira coisa que um visitante vê de Aberdeen é o espaçoso e feio depósito de madeira Weyerhauser de frente para o rio Wishkah, onde carcaças desmembradas de árvores, um dia orgulhosas, jazem empilhadas como vítimas de um massacre. Examinando o cenário pelo outro lado do rio está uma extensa faixa de estabelecimentos de fast-food.

A indústria madeireira domina a cidade; ou melhor, um dia dominou. Os negócios têm diminuído, e as demissões estão transformando Aberdeen em uma cidade fantasma. Atualmente, as ruas do centro vêm sendo lentamente preenchidas com vitrines vazias ou cobertas por tábuas de madeira. Os únicos lugares que fazem bons negócios são bares como o Silver Dollar e o apropriadamente chamado Pourhouse, bem como a casa de penhores local, inundada de armas, serras elétricas e guitarras. O índice de suicídio do município de Grays Harbor é um dos mais altos do país; o alcoolismo é desenfreado e o crack chegou à cidade há alguns anos.

As pessoas odeiam a coruja pintada — receitas para cozinhar a pobre criatura indefesa pipocam em adesivos de pára-choques locais — ainda que a descentralização da indústria madeireira, a desvalorização da mão-de-obra e a automação sejam aquilo que realmente está tirando as pessoas do mercado de trabalho. Uma das maiores fábricas da cidade costumava empregar dúzias de trabalhadores e agora tem cinco: quatro homens e uma máquina de cortar computadorizada movida a laser.

Uma das maiores indústrias no município é o cultivo de maconha e de cogumelos psicodélicos, que as pessoas cultivam a fim de suplementar o seu salário miserável ou inexistente.

A situação não costumava ser tão difícil. Aberdeen já foi um porto movimentado onde marinheiros paravam para descanso, comida e alguma companhia feminina paga. O fato é que a cidade um dia já foi um grande prostíbulo, tendo como centro a notória Hume Street (que os pastores da cidade renomearam de State Street nos anos de 1950, em uma tentativa de enterrar as suas memórias). Mais tarde, a cidade se tornou estação final de uma ferrovia e lar de dúzias de serrarias e transações madeireiras. Aberdeen fervilhou de jovens solteiros fazendo muito dinheiro na indústria da madeira e a prostituição prosperou, com uma média de 50 bordéis (“hospedaria de mulheres”, como eram chamados) em um único ponto da área central. A prostituição durou até o fim da década de 1950, quando uma batida policial finalmente pôs um fim nela. Alguns dizem que o passado imoral de Aberdeen dá a seus residentes um complexo de inferioridade.

Esse é o lugar onde Kurt Donald Cobain nasceu em 20 de fevereiro de 1967, filho de Wendy Cobain, uma dona de casa, e de seu marido Donald, um mecânico do posto Chevron da cidade. A jovem família começou com uma casa alugada na vizinha Hoquiam, mudando-se para Aberdeen quando Kurt tinha seis meses de idade.
Kurt cresceu sem saber de onde veio o nome da sua família. Seu avô materno é alemão, mas isso é tudo o que ele sabia. Só recentemente ele descobriu que o lado paterno da família é todo de sangue irlandês, e que Cobain é uma deturpação do nome Coburn.

Come As You Are – A História do Nirvana
Michael Azerrad
Editora Madras
R$49,00

O livro com a biografia da banda sai por menos de cinquenta reais, mas a saudades não tem preço!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: