Fereh e o Canto de Rock: A música, o Caetano, a Lei e nós

junho 19, 2009

Fereh

Fereh

Eu gosto muito de MPB, gosto muito também das músicas de Caetano Veloso. O que eu não gosto e não engulo é a forma como as coisas costumam funcionar no país. O jornalista Gilberto Dimenstien publicou em sua coluna na Folha essa semana, sobre um show de Caetano realizado em São Paulo. Um pequeno trecho já nos faz entender muito.

“Estive no show de Caetano Veloso em São Paulo e notei que, apesar do alto preço dos ingressos, todos os lugares estavam ocupados –apenas preço do estacionamento era de R$ 25. Daí se vê o absurdo de uma possível concessão de R$ 2 milhões à turnê nacional desse espetáculo,graças à Lei Rouanet.
Não me senti jogando dinheiro fora ao pagar o alto valor dos ingressos.Muito pelo contrário: Caetano é um talento extraordinário. Mas sinto que meu dinheiro está sendo jogado fora quando recurso público acaba patrocinando esse tipo de evento”.

Quem já participou de editais, escreveu projetos para leis de incentivo sabe bem do que falamos aqui. Você e sua banda se esforçam, elaboram, compõem. Um bailarino idem; fazem pesquisa, vai atrás de movimentos, justificativas, projetos, concepções, incentivos, produção de espetáculos… ufa! Com o teatro idem, literatura, cinema, mesma coisa. Será que algo mudará com a reforma da Lei Rouanet? Pra quem não conhece a Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei nº 8.313), conhecida também por Lei Rouanet, é uma lei brasileira de 23 de dezembro de 1991, que prevê incentivos a empresas e indivíduos que desejem financiar projetos culturais.

E aí como é que é isso? Os grandes, consagrados (talentosos sim), e cheios de patrocínios, money e tudo mais recebem um baita incentivo público desses? E tudo para financiar o próprio show. Porque não há oficinas, aulas, ou um projeto que contemple o público em si. Pague seu ingresso, estacionamento, encontre sua poltrona, assista e vá embora. E nós da cena independente (quase que salve-se quem puder) continuamos a escrever projetos, cruzar os dedinhos e ir atrás da nossa divulgação, sim por que não?!

“o sol nas bancas de revista, me enchem de alegria e preguiça… quem lê tanta notícia”? (Caetano)

Fereh.

Acesse o blog da Fereh: www.fereh.wordpress.com e leia também: http://fereh.blog.terra.com.br/ 

Anúncios

Uma resposta to “Fereh e o Canto de Rock: A música, o Caetano, a Lei e nós”

  1. Fereh said

    Aêe um brinde.

    Sucesso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: